Lula chama de ‘vergonha nacional’ dados divulgados sobre educação

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou nesta sexta-feira, 16, de atos de campanha em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. No local, o petista comentou sobre os dados de alfabetização do ensino infantil no país e classificou como “vergonha nacional” a piora nos números qualitativos. De acordo com o líder nas pesquisas de intenção de voto para as eleições presidenciais, “não existe na história da humanidade nenhum país que evoluiu sem antes ter investido na educação. Então o que aconteceu com o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) hoje é uma vergonha nacional”. A declaração ocorreu em uma entrevista coletiva horas após a divulgação dos dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). No local, Lula defendeu a atuação dos governos petistas na educação. “Nós distribuímos 16 milhões de livros didáticos pro ensino médio nesse país, e no tempo que eu e a Dilma éramos presidentes, o MEC era o principal comprador de livros do mundo. Uma demonstração de que a gente tinha respeito, não apenas pelas crianças, mas pelo futuro desse país, coisa que se perdeu”, ressaltou.