Lula reúne ex-candidatos à Presidência em sua campanha

O ex-presidente e candidato a presidência da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reuniu oito ex-presidenciáveis, incluindo ex-ministros e antigos opositores de partidos que possuem candidatos próprios ou integram outras chapas. No encontro, realizado na manhã desta segunda-feira, 19, estavam presentes Marina Silva (Rede), Guilherme Boulos (PSOL), Luciana Genro (PSOL), Geraldo Alckmin (PSB), Fernando Haddad (PT), João Goulart Filho (PCdoB), Cristovam Buarque (Cidadania) e Henrique Meirelles (União Brasil). No evento, Lula disse que o apoio à sua chapa representa um compromisso para que o Brasil volte “a viver democraticamente”. “O que vocês estão fazendo com o gesto de hoje é assumindo um compromisso, mas não é um compromisso com o Lula . É um compromisso que esse país vai voltar a viver democraticamente. As pessoas vão voltar a conviver democraticamente nesse país. Não é o presidente da República e sua assessoria que diz o que é bom para a sociedade”. Ao final do encontro, Meirelles resistiu a fazer o “L”, símbolo da campanha do petista, mas, depois de algumas fotos, cedeu e levantou o dedo. Luciana Genro, que era opositora de Lula e já havia se recusado a fazer o gesto, não hesitou hoje. O evento foi transmitido nas redes sociais de Lula.